Re:Zero kara Hajimeru Isekai Seikatsu

O volume 23 da revista “Evening magazine” anunciou nesta terça que a série de mangá Battle Angel Alita: Mars Chronicle irá ter uma pausa de 2 meses. A série irá continuar em 28 de janeiro de 2020.

O mangá já teve recentemente outra pausa de 1 mês, 3 de setembro até 8 de outubro. O último capítulo publicado antes disso, em 27 de Agosto, teve menos páginas. Tudo isso devido ao fato que Yukito Kishiro, o autor do mangá, está com problemas de saúde.

A Kodansha Comics começou a publicar o mangá em inglês em fevereiro de 2018. Já o mangá original em japonês foi lançado em Abril de 2014. Battle Angel Alita: Mars Chronicle é a terceira parte da história de Gally, onde ela viaja para marte em busca de respostas sobre sua origem.

A série de mangá inspirou um filme produzido por James Cameron e Robert Rodriguez que passou nos cinemas esse ano. O filme estreou no Japão em 22 de Fevereiro  e ficou em segundo lugar no ranking de vendas.

Fonte: ANN

 

Mangá do criador de Kochikame lançado em dezembro de 2017

A 23° edição deste ano da revista Grand Jump da Shueisha releva nesta quarta-feira que o mangaka Osamu Akimoto criador do mangá “Black Tiger” será regularmente serializado começado com a edição atual. O mangá estava anteriormente em um cronograma de divulgação irregular desde seu lançamento. [leia mais]

A edição de agosto da revista Kodansha’s Afternoon revelou na terça-feira que Watari Kubota está desenhando uma adaptação do novo anime de Makoto Shinkai, Weathering With You (Tenki no Ko), começando na próxima edição da revista a 25 de julho e será exibido na capa da edição.

O filme será aberto no Japão a 19 de julho. Shinkai confirmou que o filme será lançado mundialmente, e lançamentos já foram decididos para a América do Norte, Europa, Ásia e América do Sul. A GKIDS licenciou o filme para a América do Norte, e dará ao filme uma apresentação teatral de “premiação qualificada” este ano, antes de uma exibição mais ampla com legendas e um dublagem em inglês no início de 2020

GKIDS descreve o filme:

No verão de seu ano de calouro do ensino médio, Hokoda foge de sua remota casa na ilha para Tóquio, e rapidamente se vê empurrado para seus limites financeiros e pessoais. O clima é excepcionalmente sombrio e chuvoso todos os dias, como se sugerisse o seu futuro. Ele vive seus dias em isolamento, mas finalmente encontra trabalho como escritor para uma misteriosa revista ocultista. Então, um dia, Hokoda encontra Hina em uma esquina movimentada. Esta menina brilhante e forte possui uma capacidade estranha e maravilhosa: o poder de parar a chuva e limpar o céu …

Shinkai é creditado com o trabalho original, e também está dirigindo e escrevendo os roteiros do filme para a CoMix Wave Films. Masayoshi Tanaka está desenhando as personagens, Atsushi Tamura é o diretor de animação, e Hiroshi Takiguchi é o diretor de arte. STORY inc. é creditado como produtor, e a TOHO distribuirá o filme. RADWIMPS estão compondo cinco músicas vocais e 27 músicas de fundo para o filme. Shinkai também está escrevendo uma nova adaptação do filme que estará disponível digitalmente e impressa em 18 de julho. A trilha sonora do filme será lançada em 19 de julho.

Via Anime News Network

O volume 23 da Weekly Shonen Magazine mostrou um teaser do mangá “The seven Deadly Sins”, escrito por Suzuki Nakaba, sugerindo que a história chegará ao seu clímax no próximo volume que será publicado em 15 de Maio.

O próximo capítulo será intitulado “Farewell, ‘The Seven Deadly Sins.” e será o 310 capítulo da série.

Em uma entrevista, Suzuki falou que ele está planejando terminar o mangá daqui a um ano, lançando no total em torno de 40 volumes de história. Ele também comentou que já tinha o final em mente desde que começou a escrever o mangá e planeja dar aos fãs um final digno de uma revista shonen.

O mangá começou a ser publicado na revista Weekly Shonen em 2012 e o último capítulo, volume 36, foi lançado em 17 de abril.

A Kodansha Comics tem publicado o mangá em inglês em formato digital e físico. Já a Crunchyroll tem postado os novos capítulos sempre que eles saem no japão.

O primeiro anime que a série teve ficou no ar entre 2014 e 2015 e teve 24 episódios. Mais tarde, a Netflix disponibilizou a série com áudio tanto em inglês como japonês e a Funimation lançou uma coleção em DVD com duas partes.

A série também teve um especial de 4 episódios intitulada “The Seven Deadly Sins -Signs of Holy War” que estreou em 2016. A Netflix disponibilizou esse especial em 2017.

Mais recentemente a série teve uma segunda adaptação intitulada “The Seven Deadly Sins: Revival of The Commandments” que estreou em 2018 e foi disponibilizada pela Netflix em outubro do ano passado.

O mangá também inspirou um filme, intitulado “The Seven Deadly Sins the Movie: Prisoners of the Sky” que foi lançado em Agosto do ano passado no Japão.

Já esse ano, o estúdio DEEN anunciou que uma nova série animada baseada no mangá está em produção e será lançada neste ano. A série é intitulada “Nanatsu no Taizai: Kamigami no Gekirin” (The Seven Deadly Sins: Wrath of the Gods).

Essa série irá acompanhar o mangá, seguindo em direção ao clímax da história.

Fonte: Ann

O último capítulo do mangá Übel Blatt, do escritor Shiono Etorouji, será publicado na quarta edição da Monthly Big Gangan (um almanaque mensal de mangás publicado pela Square Enix).

No capítulo foi revelado que o autor está planejando uma nova série, mas nenhuma informação extra foi dada a respeito dela.

Übel Blatt conta a história de um menino chamado Koinzell.
Ele e mais 13 homens são enviados pelo imperador para derrotar as forças invasoras da nação Wischtech. Durante a jornada, 7 deserdam o grupo enquanto o resto é forçado a lutar em desvantagem.

Após uma vitória milagrosa e tendo perdido 3 companheiros na luta, o grupo de Koinzell é atacado pelos mesmos homens que os tinham abandonado. Após massacrar o grupo, esses homens retornam ao imperador afirmando que a missão foi um sucesso e que o grupo de Koinzell os traiu.

Desse ponto em diante, o mangá segue a jornada de Koinzell que, depois de sobreviver ao massacre, jura se vingar dos agora 7 heróis do reino.

O mangá começou a ser publicado em 2004 na revista Young Gangnam, também publicada pela Square Enix. Em 2011, a revista Young Gangan Big publicou uma side-story chamada Übel Blatt Gaiden. Nesse mesmo ano, a série original que tinha ficado em hiato por 2 anos, voltou a ser publicada na revista Big Gangan.

A Yen Press licenciou o mangá para os Estados Unidos e já publicou até o volume 11, que saiu em Setembro do ano passado. No brasil, o mangá ainda não foi licenciado.

Via: ANN