Vampire Princess Miyu (1988) OVAS

Vampire Princess Miyu tem base numa manga shoujo, o horror é pouco romantizado,  mas isto não quer dizer que as coisas não possam ocasionalmente ficar grotescas, especialmente quando se trata dos monstros Shinma…

Situada em Quioto, a antiga capital do Japão, esta OVA de 4 episódios de terror segue Himiko a espiritualista ao ser arrastada para estranhos incidentes envolvendo uma vampira chamada Miyu. Miyu, com o sue servo demoníaco Larva, caça Shinma, criaturas sombrias que se aproveitam dos humanos. Mas Miyu é ela própria uma predadora, apaixonada pelo sangue de homens e mulheres bonitos; a sua mordedura os faz cair num estado de sonho em vez de os matar e dá pequeno conforto para os seus entes queridos. Himiko persegue Miyu, tanto para a impedir de fazer mais vítimas como para desvendar os seus segredos, desconhecendo a ligação escondida entre eles…

Vampire Princess Miyu é uma história envolventemente assustadora e atmosférica.  No geral há uma sensação de elegância e beleza assustadora que permeia na obra, algo de delicado desenho de personagem de Narumi Kakinouchi e uma banda sonora assustadora de Kenji Kawai (Ghost in the Shell, Patlabor) traz à ribalta. Existe uma versão TV séries de 26 episódios de 1997 que se na história dos OVAS, a versão de TV pode-se tornar um pouco aborrecida, pois repete imenso a mesma fórmula, isto é segue o tipo de episódio monster of the week, a qualidade de animação e arte é muito inferior, o que é normal visto que os OVAS são melhor trabalhados, pois vão diretamente para VHS, DVD ou BD.

A série é maior e contem pontos fortes e fracos em comparação com ao OVA.

Os primeiros 10+ (demasiados na minha opinião) episódios seguem a seguinte fórmula
1. Miyu + colegas de turma e como começam/ crescem as suas relações
2. Aparece algum shinma
3. coisas más acontecem
4. Miyu e Larva derrotam o shinma
5. Há consequências

Passado algum tempo, torna-se realmente aborrecido. A única excitação era tentar adivinhar a forma que o Shinma iria assumir. Houve reutilização de muitas cenas e a trama tornou-se repetitiva e previsível, o que tornou isto menos excitante que o OVA.

Do lado positivo os episódios sobre o passado da personagem Larva, Reiha e Miyu são facilmente os melhores episódios da série. A tensão aumenta nos últimos 2 episódios. O final foi muito melhor do que toda a série. No entanto, para ser justo, ter de passar por 18 repetições para ver 8-9 bons episódios fez-me incapaz de classificar esta série, a TV Verm um 6 no total.

Resumidamente, aconselho a verem os OVAS caso tenham interesse.

 

\o/ AQUI! senpai...


por favor adicione em sua Whitelist(lista branca) nosso endereço para
permitir a exibição de anúncios!
Arigato!

\o/ AQUI! senpai...


por favor adicione em sua Whitelist (lista branca) nosso
endereço para
permitir a exibição
de anúncios!

Arigato!